EMPRESAS

Tecnologia aliada à economia: empresa capixaba implementa serviço de ligação via internet em órgão público de Goiás

Sistema VoIP permitirá economia de até R$ 700 mil por ano Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 18ª Região, reduzindo custos com ligações entre todas as unidades da Justiça do Trabalho no Estado

 Em tempos de instabilidade econômica, a receita encontrada por muitas empresas e órgãos públicos para enxugar e equilibrar as contas tem sido a estruturação de operações otimizadas, através da aquisição de serviços que possibilitem a melhoria dos processos internos e externos e que necessitem de investimentos menores.

É o caso do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 18ª Região, em Goiás, que trocou o antigo sistema de PABX virtual pela telefonia via IP, conhecida como VoIP. A responsável pela instalação foi a empresa capixaba ISH Tecnologia, que também está à frente da capacitação dos servidores responsáveis pelas telecomunicações do órgão.

Segundo o gerente de projetos da Coordenação de Infraestrutura e Comunicações da Secretaria de Tecnologia da Informação do TRT de Goiás, Bruno Minari, com a transição para a tecnologia VoIP, além de contar com um serviço com mais facilidades e qualidade, o órgão prevê ainda uma economia de até R$ 700 mil por ano.

“Considerando nossa logística de unidades descentralizadas, o sistema de telefonia via IP permitirá a comunicação entre as unidades da Justiça do Trabalho do Estado com custo zero. Além da economia interna, os advogados e as partes dos processos trabalhistas também serão beneficiados em ligações para as varas do trabalho localizadas no interior, pois a ligação local poderá ser transferida para qualquer unidade da Justiça do Trabalho da região”, complementa.

De acordo Daniel Guarçoni, responsável por novos negócios da ISH, a tecnologia VoIP nada mais é que a ligação telefônica feita através da internet, e agrega inúmeros benefícios ao órgão, como ligações criptografadas entre os ramais, garantindo mais segurança; serviço de fax integrado ao servidor do e-mail; mensagens de texto e chamadas de vídeo e voz sem custo; entre outros.

“A ferramenta permite ainda que, mesmo que externos ao órgão, os funcionários do TRT possam utilizar seus dispositivos móveis para se comunicar de forma segura com os demais usuários da solução, possibilitando a redução de custos com chamadas de celular, uma vez que o usuário pode se conectar através de plano de dados ou de qualquer rede de internet externa ao órgão”, explica.