A evolução da segurança nos negócios: por que investir em um SOC?

2 Min. de leitura

Se você chegou aqui, no último post da nossa série sobre a evolução da segurança no SOC, você já entendeu como a segurança da informação evoluiu, como ferramentas se tornaram mais complexas e de que forma um SOC moderno é estruturado para conseguir detectar e responder.

Mas afinal, por que a sua empresa deveria estar preocupada com isso?

A cada 39 segundos, há uma nova tentativa de ataque cibernético nos EUA. O que quer dizer que não há mais dúvidas de que falhas de segurança vão ocorrer e impactar negativamente os negócios. Portanto, a pergunta não é mais se uma empresa será hackeada, mas sim quando será.

Ao fazer as contas sobre quanto custa implantar um bom serviço de proteção de dados, algumas empresas acham tudo caro demais e adiam o planejamento.

Somente acreditam que a segurança cibernética pode ficar para depois, as companhias que insistem em se debruçar no cálculo que envolve orçamentos de antivírus e ferramentas para a TI. O problema é que, nesse cenário, o mais importante ficou de fora. Precisamos, antes de tudo, colocar no papel quanto custa não proteger.

Os resultados de uma invasão podem ser devastadores. Muito dinheiro perdido. Tempo desperdiçado. Reputações de marcas destruídas.

No Brasil, em 2019, o custo médio de uma violação de dados era de R$ 5,4 milhões, um aumento de 18,93% em relação a 2018. Em 2020, nos Estados Unidos, esse valor já está em US$ 5 milhões.

Ao mesmo tempo, a indústria de cibersegurança tem um problema de eficácia. Há milhares de fornecedores no mercado, com bilhões gastos anualmente em defesa. E ainda assim, o número de violações continua a aumentar.

Se as ferramentas sozinhas fossem suficientes para resolver o problema, já teriam resolvido. As violações de dados geralmente ocorrem não porque uma ferramenta falhou em detectar a ameaça ou alertar sobre uma vulnerabilidade, mas devido à falta de fluxos de trabalho adequados, processos e pessoas experientes que sabem priorizar a remediação.

Esse é um problema operacional que precisa ser resolvido, e é isso que nós entregamos. Agora, de uma nova forma. Uma nova forma de fazer segurança. Entenda aqui.

Compartilhar
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email